domingo, 11 de setembro de 2016

Às vezes

às vezes quase tudo cansa.
às vezes quase tudo não me ouve.
às vezes quase tudo não me enxerga,
não me sente,
não me questiona,
não me difere,
não me abraça.
quase tudo.
mas, para minha alegria,
tenho você, além do quase,
que faz a vida
valer a pena.

Fábio Pedro Racoski

0 comentários:

Postar um comentário