quinta-feira, 11 de julho de 2013

#microcontos

Ele encontrou, naqueles olhos, a luz de todas as estrelas que nunca tinha visto.
----
Dois dedos de uísque e seu amor entorpecendo goela abaixo.
----
Na guerra, todo beijo pode ser o último.
----
Eu amei você na primeira palavra sua que esbarrou em mim.
----
Você levou embora meu sol e agora a lua da minha noite eterna é você.
----
Quanto mais eu penso em você, menos me importam a distância e o tempo.
----
Se dez mil vidas eu tivesse, dez mil vezes eu erraria meus caminhos para me encontrar no seu amor certeiro.
----
Inventei um idioma com palavras que ousam expressar tudo que és e tudo que sinto por ti.
----
Seu sorriso é o que faz meu hoje desejar o amanhã, porque nós moramos no sempre.
----
Deus disse: "faça-se a luz!", e seus olhos, minha bela, reluziram toda a beleza da criação.
----
Ao ver o sorriso causado nela, ele descobriu que amor não se substitui, não se divide. Se soma.
----
A paixão o cegou, mas o amor o fez ver o quanto ela não o amava.
----
O passado me desconstruiu, e reinventei-me no seu beijo.
----
O vento que sopra de lá me trouxe um beijo seu, chamado Saudade.

Fábio Pedro Racoski

Um comentário:

  1. - Microcontos apaixonados, quase poeminhas de amor...

    Grande abraço!

    ResponderExcluir