Páginas

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Ela sempre

ela, que em tantos sonhos apareceu
ela, que em tantas vozes se ouviu
ela, que em tantos olhos iluminou
ela, que em tantos ares eu senti
ela, que em tantas palavras eu vi
ela, que por tantas vezes eu busquei
sem saber que ela significa
no vocabulário do meu coração
sentimentos com mil beijos
e olhares,
mas sem palavras
que possam expressá-los
a não ser a mais nova
e antiga:
amor.

Fábio Pedro Racoski

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Mundo carro

infeliz ser motorista.
já não sabe tropeçar,
não sabe dobrar a esquina,
coração a desguiar.

enquanto você respira
petróleo, borracha e aço,
eu respiro pelas ruas
pele, cabelo e cansaço.

Fábio Pedro Racoski