quinta-feira, 17 de maio de 2012

Não apenas

a noite passou,
o dia chegou,
e lá se foram
horas, dias.

já não respirava
sem ritmo,
mas aguardava
com paciência.

já não se sentia
desprovido
de presença,
mas precavido
de ausência.

já não chorava
a falta de som,
mas contemplava
o silêncio.

já não era paixão.

não apenas.

Fábio Pedro Racoski

0 comentários:

Postar um comentário