quinta-feira, 17 de maio de 2012

Minha crítica à religião é que esta teima em reduzir tudo ao intocável, ao místico. A humanidade, o indivíduo e suas virtudes, o questionamento (tão próprio do ser humano), isso é deixado de lado.

0 comentários:

Postar um comentário