quinta-feira, 26 de abril de 2012

Corrida vertical

as ogivas
ogivais
apontadas
para o meu quarto.

os mísseis
missionários
apontados
para os meus olhos.

as flechas
fedorentas
flechando
minha cuca
caduca
e tudo cai
aqui para cima
numa cor
de grito
de desespero
que rasga
o espaço
tempo.

maluco
nunca
mais.

Fábio Pedro Racoski

0 comentários:

Postar um comentário