Páginas

quinta-feira, 22 de março de 2012

Descobrindo-se

eis que o poeta
encontrou o amor
pela primeira vez.

e seus versos
amarelados,
empoeirados,
ganharam cores,
sons e perfumes
que ele nunca
havia
imaginado
em toda a sua
poesia.

Fábio Pedro Racoski

Um comentário:

  1. Linda poesia Fábio!
    Como sempre...
    Isso me fez lembrar uma música de Amos Lee, chamada "Colors"!
    bjos

    ResponderExcluir