domingo, 12 de fevereiro de 2012

Cinco anos de blog


Hoje este blog de humor, política, história, música mas, antes de tudo, um blog de literatura, completa 5 anos de existência.

No meu último ano da faculdade, em 2005/2006, pensei em criar um blog pessoal, de opinião. Criei: "a voz do megafone", que durou algumas semanas e não chegou a ter conteúdo relevante. Um ano depois, no dia 12 de fevereiro de 2007, crio o "Rádio Gordo", onde publico a receita do "Empadão Stálin", uma tentativa frustrada de postagem humorística.

Durante mais de um ano, o blog recebeu pouquíssimas atualizações. Até que em julho de 2008 os poemas engavetados pediram pra sair "às ruas", e eu consenti!

De lá para cá, foram 620 postagens. Dessas, mais de 300 poemas, 11 contos, vários microcontos, artigos, críticas, divulgações, vídeos... Quase 1000 comentários e a contagem de 96 seguidores. Uma mudança de nome (junto com minha mudança de vida, a gastroplastia), para Racoski, várias mudanças de aparência... O blog mutou, assim como seu dono.

Agradeço imensamente a quem acompanha minhas publicações. Agradeço pelos comentários e a ajuda na divulgação em seus blogs, twitters, Facebook, Orkut... Não ganho um centavo com este blog, nem pretendo fazê-lo: está registrado sob licença Creative Commons, como vocês podem ver ao lado. Não tenho oposições a quem o faz, mas tomei como princípio divulgar aqui meus poemas para lucrar, financeiramente, apenas com meus futuros livros (com o produto, físico). De qualquer forma, meu objetivo profissional não é ser escritor. Ser escritor é minha missão pessoal. Portanto, o que ganho é imaterial, coletivo e inestimável: leitores.

Ah, os meus livros! Em breve, ainda neste ano, terei pelo menos um publicado: uma coletânea dos poemas já postados no blog mais alguns inéditos. E, no máximo em 2013, publicarei meu romance, de título provisório "Gúliver Kowalski, ou 'A História do Mundo por Quem a viu Nascer'". Será, certamente, volumoso (estou no terceiro capítulo e já tenho 94 páginas A4). Mas espero que os futuros leitores dele tenham o mesmo prazer em lê-lo que eu tenho ao escrevê-lo.

Seguiremos firmemente, na poesia, na literatura, na escrita em si, enfim, na vida. Porque minha vida é escrever.

Obrigado!

Fábio Pedro Racoski

6 comentários:

  1. Ah, parabéns por todos esses anos de blog, Fábio! Acompanho-o há uma boa parte desse período e pretendo continuar! No mais, estou curiosa para conhecer o conteúdo de seu futuro romance.

    saudações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Assim que eu tiver o romance melhor definido, vou postar uma sinopse, de início.

      Excluir
  2. Fábio,
    Parabéns pelo blog, pela notável melhora/mudança de vida, pelo progresso em seus escritos e pela positiva divulgação deles (mediante a sua força de vontade).
    Beijo, beijo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não fosse por você, não estaria aqui! BEIJO!

      Excluir
  3. Fábio...
    já te chamei de poeta da linha de frente, lembra?
    Assim que te vejo... um poeta iluminado, que ama o que faz e que encanta todo mundo com suas palavras!
    Fico feliz por saber dos seus livros, quero mto ler tá! Quando estiver disponível, para compra ou o que for, me avise!

    Não sei quanto tempo vou levar para ler e comentar todos os seus escritos aqui, desde quando começou (2007), mas estou indo por partes (tenho tudo anotado) e com certeza vou ler todos, leve o tempo que for!
    Um beijo, parabéns pelo blog, continue sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Josi! Fiquei emocionado ao ler, mesmo! Você receberá um exemplar, é um compromisso meu. E não se preocupe em ler tudo: há alguns poemas mais "xoxinhos"!

      BEIJO! Continuarei sempre, essa é minha missão.

      Excluir