Páginas

sábado, 31 de dezembro de 2011

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Pior

se você fosse
como acredita ser
a pior pessoa do mundo,
estaria enganada,
porque a pior pessoa do mundo
não teria o amor
de alguém melhor
que não é melhor.

e esse amor
não faria de você
seu universo
como acontece.

Fábio Pedro Racoski

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

#microconto

Seus olhos, o mais belo filme, seu rosto o mais belo poema, e sua vida a perfeita união das artes.

Fábio Pedro Racoski

sábado, 24 de dezembro de 2011

Tenha um péssimo natal

Que você tenha um péssimo natal!
Que você tenha um péssimo ano novo!
Que as festas sejam horríveis
e a desgraça lhe traga novamente
à realidade!

Que os seus desejos sejam destruídos,
para que você aprenda a agir
e não esperar que os outros
(que às vezes nem existem!)
lhe façam acontecer!

Que sua hipocrisia
se arrebente
em mil pedaços
como floquinhos da neve
que você nunca viu!

Cesar Miller de Almeida

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Não quero ser seu homem

não quero ser seu homem.
não quero ser aquele
que some
quando o dever
- que não existe -
não chama.

não quero ser seu homem.
não quero ser
um momento
isolado
na sua vida.

não quero ser seu homem.
não quero
e não posso
ser o desejo
e a festa
somente.

quero ser seu.
para sempre
e intensamente.
entre quatro paredes,
na rua,
no choro,
do seu lado,
no seu riso,
na louça,
na cozinha,
no abraço,
no beijo,
nas mãos,
na música,
na nossa dança,
aí dentro,
no seu ser
e no meu ser.

Fábio Pedro Racoski

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

#microconto

Era tão humano com os animais que não sobrava humanidade para os seus.

Fábio Pedro Racoski

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

#microconto

No Ceará está sua fortaleza a ser defendida com versos.

Fábio Pedro Racoski

#microconto

Além do Equador encontrou seu Oriente.

Fábio Pedro Racoski

#microconto

No mundo dos seus olhos, conheceu o universo.

Fábio Pedro Racoski

#microconto

Ela foi dormir e ele, fechando os olhos, acordou para o amor.

Fábio Pedro Racoski

#microconto

E entre tantas vozes, seus olhos falavam mais alto.

Fábio Pedro Racoski

#microconto

Eles só querem um ao outro, e são ambos.

Fábio Pedro Racoski

domingo, 18 de dezembro de 2011

Amigos

quando não vejo você
milhares de anos-luz
cabem em alguns
quilômetros.

mas quando vejo você
milhões de anos-luz
e galáxias sem fim
cabem no seu
delicioso
e aconchegante
abraço
que fica em mim
para sempre.

Fábio Pedro Racoski

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Algoz de mim

quando sou perverso,
quando sou maldito,
quando sou omisso,
quando sou cruel,
quando sou vil,
quando sou sanguinário,
arranco minhas entranhas
e, aos poucos,
assisto a sofrida e dolorosa
morte de mim mesmo,
sem sequer estender-me a mão.

Fábio Pedro Racoski

Vigiando

se a melancolia
aparece
e não se vai,
se a tristeza
invade
sorrateiramente,
se a saudade
chega sem pedir
licença...

diga a elas
que eu estou aqui
e aí,
vendo tudo,
e que vão pagar caro
no sufoco
asfixiante,
apaixonado
e infinito
do meu abraço.

Fábio Pedro Racoski

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Escreva versos!

Vá! Escreva versos!
Gaste sua futilidade
e seu sentimentalismo barato
em versos que ninguém vai ler!

Vá! Escreva versos!
Talvez você convença
a pessoa bonita que lhe atrai
a uma noite de sexo e incertezas!

Vá! Escreva versos!
Escreva muitos versos
e me deixe fazer algo que preste,
algo que valha, em paz.

Vá! Escreva versos!
Eles são tão medíocres
quanto você!

Cesar Miller de Almeida

domingo, 4 de dezembro de 2011

Resoluções

que o meu sempre
seja o seu agora.

que o meu braço
seja o seu abraço.
que o meu eu
seja todo seu.
que as estradas
da poesia
me levem
sempre
ao seu destino.
que a presença
na distância
seja o aconchego
no encontro.

Fábio Pedro Racoski