Páginas

domingo, 13 de novembro de 2011

Às artistas

Hoje, numa tarde chuvosa, cinzenta e fria de Curitiba, saí para ir ao teatro. Eis que tudo ficou colorido, lindo, comovente. Os responsáveis foram todos os envolvidos na peça "Meu Pequeno Príncipe", que encerrou neste domingo, com chave de ouro, uma série de apresentações no Teatro Bom Jesus.

Não sou crítico de teatro, tampouco pretendo sê-lo ou me atrever a tal - é certo que também não tenho tanto conhecimento desta arte para tanto! O relato é pessoal: um musical infantil, inspirado na incrível e tristemente subestimada fábula de Saint-Exupéry, "O Pequeno Príncipe". Também um trabalho com jovens atores, mostrando o que é ser ator (principalmente para quem está acostumado com os "monstros sagrados" da televisão). Mas, para mim, um motivo de muita felicidade por duas pessoas presentes naquele palco: Amanda Leal, que conheci recentemente e de quem me tornei fã, e Keila Aquino, minha vizinha, que vi crescer, para quem dei aulas ainda quando eu era um péssimo professor, e de quem também sou fã. Foi muito bom ver que, apesar de eu ter sido um profissional medíocre e um mestre negligente, ainda assim, não minei o talento individual da Keila, e espero que seja assim com outras das minhas "vítimas" de quatro anos atrás.

Todas estas lembranças na mente, a admiração pelo belo trabalho de jovens artistas talentosos, o show da Amanda e da Keila narrando a história (estavam ótimas!)... Claro que chorei. Muito. Lá, depois, agora, enquanto escrevo. Mais que um choro de comiseração ("mimimi") por meu passado relapso e descompromissado como professor, a comoção foi um "mix" de sentimentos: felicidade por elas (grandes estudantes e trabalhadoras da arte), por mim (que já não sou um profissional ruim, como antes), simpatia com o clima da peça (a criança que ainda sou!) e, claro, pela peça em si, maravilhosa.

Bom, esse é meu desabafo. E a "inveja branca" (como ouvi chamarem a inveja construtiva!) que tenho dessa turma está me motivando a ousar mais um pouco na minha jornada para publicar meus dois livros. Além do canal de recital no Youtube, projeto que deverá sair "do papel" logo.

Recomendo alguns links para vocês:

Twitter da Amanda: @amanda_leal
Blog da Amanda: circunstanciaqualquer.wordpress.com
Twitter da Keila: @keilaaquino
Blog da Keila: keilaaquino.wordpress.com
Twitter da Companhia de Teatro Baobá (da qual Amanda e Keila fazem parte): @ciabaoba
Matéria do Bem Paraná sobre a peça "Meu Pequeno Príncipe".

2 comentários:

  1. É bom saber que alguém no mundo se sente motivado como eu com uma peça de teatro. Que pena não ter participado dessa. Mas, espero, muitas ainda virão.
    Beijo.

    ResponderExcluir