Páginas

sábado, 15 de outubro de 2011

Revolução, em Curitiba.


Este dia 15 de outubro foi marcado com manifestações em várias cidades pelo mundo afora. Os manifestantes protestavam contra a corrupção, por uma democracia real, por um governo diferente, pelo fim dos governos, enfim, por uma nova ordem, uma revolução que estamos assistindo. Teve seus primeiros gritos na África árabe (Tunísia e Egito), estendeu-se pelo Oriente Médio, ecoou na Espanha e agora toma o Mundo.

Escadaria da UFPR. Ponto de início.
As manifestações foram idealizadas pelo grupo Anonymous (caracterizado pelo uso da máscara de Guy Fawkes, popularizada pelo filme "V de Vingança", adaptado do gibi de mesmo nome). Aqui, em Curitiba, cidade de 1 milhão e 800 mil habitantes mas tão provinciana quanto uma pequena vila interiorana protestante típica de filmes estadunidenses, houve um pequeno eco do que acontece no resto do mundo, com cerca de duzentas pessoas presentes.

Fonte da Praça Santos Andrade pintada do "vermelho do sangue dos mortos pela corrupção e pelo Estado".

A Marcha Contra a Corrupção abordou principalmente este tema, mas também a questão de Belo Monte, Zeitgeist, voto livre. Teve início na frente do prédio histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade; seguiu até o impostômetro da Associação Comercial do Paraná e continuou até os prédios públicos de Curitiba: a Prefeitura Municipal e o Palácio Iguaçu, sede do governo do Paraná.

Às 14:24 e 7 segundos, o impostômetro marcava 1 trilhão, 133 bilhões, 459 milhões e 579 reais de impostos pagos somente este ano. E crescendo...

Pode-se pensar que são apenas rebeldes sem causa, ou que protestavam ali apenas por protestar. Mas o fato é: há uma revolução, histórica, viva, de caráter mundial, sem religiões, bandeiras partidárias ou falsas promessas arquitetando. Duzentas pessoas debaixo de chuva numa Curitiba provinciana já é uma vitória. E mais duzentas, trezentas senhorinhas curitibanas "fofocando", como uma com quem conversei no terminal de ônibus, admirada e feliz por ver que "os jovens enfim estão pensando"... Ah, espero que isso só aumente!


Manifestantes em frente ao prédio Banco Central, obra superfaturada em 2,4 milhões de reais, segundo Anonymous.

Uma parada em frente à Prefeitura.

Praça Tiradentes e a Catedral Metropolitana de Curitiba




E você em casa... Detalhe: estava chovendo.

EDITANDO - Alguns links interessantes:

http://www.whatis-theplan.org/
http://youtu.be/aIsTd9WIRKU
http://youtu.be/seTFCyvxMU8
http://pt.wikipedia.org/wiki/Anonymous
http://www.youtube.com/user/AnonKayThePlan

Um comentário:

  1. Estava vendo até há pouco a notícia sobre as invasões em sites de banco e etc (http://www.band.com.br/noticias/tecnologia/noticia/?id=100000483698)

    que coisa...não posso opinar pois desconheço todas as razões, mas é interessante!

    ResponderExcluir