segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Morto-vivo renascendo

Minha mãe me chama
na beira da cama:
“Pare de morrer;
Comece a viver!”

Viver como antes,
nos tempos cantantes.
Sem voltar no tempo:
seguindo com (o) tempo.

O morrer vivendo
só vem para quem
não faz ser alguém.

Agora eu entendo
porque a mãe me chama
na beira da cama.

Fábio Pedro Racoski

0 comentários:

Postar um comentário