Páginas

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Zé Curitibano


Tenho que gostar de futebol.
Tenho que gostar de feijão.
Tenho que gostar de calor,
praia, samba e suor.

Tenho que cultivar hábitos exagerados.
Tenho que usar frases de efeito
da última moda.
Tenho que sorrir e chorar
com os vídeos piegas que exaltam
a pátria.

Tenho que fazer piadas
com outros povos
e fazer política de guerra
quando a piada
somos nós.

Tenho que amar o Brasil
sem criticar,
sem questionar,
vivendo na máscara inerte
do folião eterno.

Ah, dogmas...
Como quero senti-los
esvaindo em sangue
nas minhas mãos...

Fábio Pedro Racoski

Um comentário:

  1. Adorei!

    Acredito que vários de nós se sentem assim. Ouse dizer aqui no Rio que não gosta de funk e carnaval...

    ResponderExcluir