Páginas

sábado, 10 de abril de 2010

Enfermaria

Aqui do céu é tudo tão belo.
Seria mais belo se eu pudesse voar.

Vejo pessoas
formigas,
vejo carros,
piscinas, ruas.
Tudo no fosco tom
da janela que não se abre.

Aqui do céu é tudo tão belo.
Seria mais belo se eu pudesse voar.

Até prédios
feios e sérios
tornam-se palácios.
Palhaços olhos,
que enxergam alegria nessa dor.

Aqui do céu é tudo tão belo.
Seria mais belo se eu pudesse voar.

Um dia saio daqui.
Um dia pulo,
abro os braços
para uma nova vida.
E eu nem percebi:
ela já começou.

Aqui do céu é tudo tão belo.
Até esqueci que já estou a voar.

Escrito por: Fábio Pedro Racoski
Digitado por: Micheli Cristine Racoski (erros por minha conta)

2 comentários:

  1. Belo poema!!!


    Esperaremos ansiosos a sua volta.

    ResponderExcluir
  2. Fábio, tenho certeza de que tudo voltará ao normal, em breve. E o melhor: vida nova, companheiro! Nos vemos no HC. Beijos, te amo!

    ResponderExcluir