Páginas

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Cheirinho de orégano...

10 de julho: dia para celebrar um marco da culinária ocidental. A redonda, cheia de queijo e outras delícias variadas, a italiana pizza (ou "piza", em Portugal), palavra que entrou de vez no vocabulário da nossa língua, gosto que ganhou o paladar de metade do mundo.

A pizza, filha dos "pães sírios" (o pão em forma de disco era presente em culturas antigas, como a egípcia, a hebraica e a grega), apareceu pela primeira vez entre os turcos, na Idade Média. Com as cruzadas, a delícia foi levada para Nápoles - considerada o berço da pizza. Dobrada, como um calzone, era o "prensadão" ou "dogão" daquela época: alimento barato, com ingredientes comuns - na época, queijo, toucinho e peixe frito.

Mas foi depois de Colombo chegar às terras dos índios pelados que a redonda ganhou mais vida. O tomate não existia no Velho Mundo: é típico da América Central - assim como a batata e o abacate. Com um tomatinho ali, na muçarela derretida, a pizza ganhou o mundo: no início, apenas em colônias italianas espalhadas pelos continentes. Depois, toda São Paulo, Nova Iorque inteira e, por fim, a civilização judaico-cristã-ocidental!

Desde os sabores tradicionais, como a muçarela e a calabreza, até os mais esquisitos, como a pizza de sorvete, a pizza ganhou uma variedade infinita de ingredientes e combinações, agradando os mais variados paladares.

Acabar em pizza... Que essa expressão perca a conotação criminosa. Afinal, aqueles que lutam para que "tudo acabe em pizza" não merecem nem a borda!

2 comentários:

  1. Adoro pizza!!! Desde que não seja de chocolate, aceito. Vale o reforço para quem fala espanhol... piZZa, nada de sair pronunciando piÇa... a não ser que você realmente goste e/ou queira.

    ResponderExcluir
  2. hahahaha... Em português de Portugal é Piza mesmo, dá até raiva, menino, sabe porque? Porque eles tem a pachora de falar que somos nós que nacionalizamos as palavras, mas não somos nós que palamos Piza, Mozarela, entre outras palavritas que eu nem me lembro mais. hahahaha

    Eu amo pizza de todos os tipos, mas como somente as vegetarianas, sem nenhuma carninha. haha

    Beijos,

    Mimi.

    ResponderExcluir