Páginas

domingo, 7 de junho de 2009

Colégio estadual...

Subo os degraus,
entro na sala,
rangem as madeiras
no chão.

Cinco, seis alunos,
bocejos, braços cruzados,
alguém nota o violão:
"numa aula de português?"

A música que sai do giz,
a aula ditada nos acordes,
rock and roll, samba,
protestos e romances.

A noite anuncia a madrugada,
os alunos já não bocejam:
um dorme, debruçado
sobre a carteira.
O outro acompanha o
insólito professor
em cantorias loucas.

Fábio Pedro Racoski

2 comentários:

  1. Isso me dá vontade de aprender a tocar, só para levar o violão nas minhas aulas. Quem sabe um dia? Nesta ou na próxima encarnação.

    ResponderExcluir
  2. Então... deu certo ???? No Colégio Estadual? Beijos...

    ResponderExcluir