terça-feira, 5 de maio de 2009

Tristes Lusíadas da Era Moderna

As armas dos varões avassalados
Por cóleras em corpos sifilíticos
Por mares nunca d’antes chorumados
Seguiram com seus barcos paralíticos.
Novos tempos tristes nos trazem fados
Mais trágicos, mais sôfregos, mais críticos.
Ó mar salgado, de poluído sal:
Chora o mundo junto de Portugal.

Fábio Pedro Racoski

0 comentários:

Postar um comentário