Páginas

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Roxo

Sonhei que tudo estava
roxo.
Casas, carros, gatos,
esquinas, corações.
O céu roxo, as pessoas,
todas roxas.
E no roxo em que o mundo
havia se tornado,
tudo era paz,
tudo era música
e dança sem métrica,
amor sincero
e paixão vivida.

Mas acordei
num mundo colorido
e sem graça.

Fábio Pedro Racoski

3 comentários:

  1. roxo é a cor da elevação espiritual... na verdade é o violeta... mas são todas variações... enfim, muito bonito o poema!!!! bjokinhas

    ResponderExcluir
  2. Massa.. sobrenatural , psicodélido...surreal...

    ResponderExcluir