Páginas

domingo, 8 de março de 2009

Ubuntu por vocês, mulheres!

Muitos já devem ter ouvido falar do Ubuntu, uma distribuição do Linux. Esse nome - vindo das línguas zulu e xhosa - remete a uma ética sulafricana que traz o conceito de "humanidade compartilhada". Uma tradução da palavra seria "humanidade para com os outros". Ou seja: eu sou e sei que sou porque você sabe que eu sou. Entendeu?

A frase que expressa mais diretamente esse conceito de Ubuntu é umuntu ngumuntu ngabantu que, traduzindo, significa: "uma pessoa é uma pessoa através de outras pessoas".

E o que isso tem com o Dia Internacional da Mulher? Oras: se eu sou através de outras pessoas, essas outras pessoas são mulheres. Mãe, avó, irmã, amigas... Eu sou pessoa e me reconheço como tal através delas. Mais: eu sou homem e me reconheço como tal através delas.

Então a vocês, mulheres que são diversas (roqueiras, professoras, nutricionistas, escritoras, delicadas, fortes, boxeadoras, jogadoras de vôlei...) eu devo minha masculinidade, por mais contraditório que isso possa parecer. Afinal, não somos uma contradição, homens e mulheres?

Desejo a vocês, mulheres, um feliz Dia Internacional da Mulher, ainda que o certo seria desejá-lo todos os dias, que são nossos, numa humanidade compartilhada entre homens e mulheres, no mesmo degrau.

------------
Para saber mais sobre Ubuntu: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ubuntu_(ideologia)
Para saber mais sobre as mulheres: se descobrir, me avise!

Um comentário:

  1. Putz... lindo... não conehcia o Ubuntu...Obrigada por transmitir, obrigada pela sensibilidade...Sabe, as vezes dá vontada de agradecer pelo conhecimento! irrsssauuasygdsddsd e e ótimas considerações finais...

    ResponderExcluir