Páginas

domingo, 1 de março de 2009

Conquistador conquistado

Mundo gira,
gira mundo
seguindo o bailar
do meu umbigo.

Minha voz te seduz.
Meus cabelos te amarram.
Meu corpo te prende.
Minha sapiência te convence
que sou perfeito,
teu, por compaixão.

Mundo gira,
gira mundo
seguindo o bailar
do meu umbigo.

Meus dedos tocam
o piano do som
das marés.
Meus olhos fitam
o caminho que tu deves
seguir.
Eu sou teu, por humildade.

Mundo gira,
gira mundo
seguindo o bailar
do meu umbigo.

Meus lábios te beijam,
indulgência do teu corpo.
Minha boca te canta,
melodia de anjos sensuais.
Minha língua te queima,
purificação eterna.

Mundo gira,
gira mundo
seguindo o bailar
do meu umbigo.

Onde vais?
Ninguém mais me quer.
Preciso de alguém.
Não sou nada
e a garrafa
já está seca.

Vou girando
vagabundo.
Seguindo o bailar
dessa embriaguez.
Fábio Pedro Racoski

Um comentário: