Páginas

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Quem "kiba" será "kibado"!

Veja esse vídeo, propaganda de uma batata frita australiana, chamada Smiths Chips, que foi ao ar em março de 2007:



Agora, eis a propaganda (à qual vocês devem ter assistido) do novo Ford Focus:



É, meus amigos. A Ford "kibou" a batatinha da terra do AC/DC! Da mesma forma, eu "kibei" essa mensagem do próprio "Kibe Loco". Quanta infâmia!

Não sabe o que significa o termo "kibar"? Procure no Dicionário inFormal (http://www.dicionarioinformal.com.br/):

Assim como "googlar", "ripar" e "zipar", "kibar" é mais um verbo específico dos meios internéticos. Significa usar idéias, conceitos ou imagens publicadas em blogs alheios, que circulam por aí como email e/ou são considerados "bens de informação públicos", assumindo a autoria sobre os mesmos em busca de fama rápida ou de economizar trabalho. Quase sempre, quem kiba acaba sendo pego no flagrante.

O artigo original aqui honestamente kibado se encontra no site www.kibeloco.com.br, segunda mensagem de 05/11/2008, intitulada "Oito pecados (parte 50)".

O problema de kibar é que esse ato pode gerar uma reação em cadeia sem fim que, além de causar atrofia intelectual, poderá trazer, no futuro, a necessidade de teclados equipados apenas com as teclas CTRL, C e V.

Um comentário: