Páginas

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Que saudade dos 16... bits!

Um pouco atrasado, venho lembrar que em 29 de outubro desse ano de 2008 o Mega Drive completa 20 anos.



O meu já tem 15, e ainda funciona! Lembro das horas gastas jogando Sonic, Mortal Kombat, Golden Axe, Fantasia, Earthworm Jim, Super Monaco GP II (aquele do Senna)... Era um vício, mas também era uma diversão que, tirando os excessos, não deixa de ser saudável.

Ainda hoje liguei o bicho. Continua funcionando: já não tem os controles originais e nem a chave de energia (eu preciso colocar o dedo no buraco da chave para virar o interruptor na placa!); já não é a sensação dos 16 bits que, da mesma forma, deixaram a vitrine depois da quarta geração dos consoles de videogame. Hoje estamos na sétima!

Ê, saudade... Não dos gráficos serrilhados e da música muito bem composta para o Sonic: tenho um XBOX 360 e gosto dos jogos ali jogados. Saudade dessa época: adolescência, anos 90, festinhas americanas, música para dançar juntinhos, grunge, respeito aos professores... O Mega Drive foi um objeto que figurou esses anos 90 tão belos. O 360 figura, junto com Wii e Playstation 3, como mais um objeto eletrônico que faz maravilhas aos olhos, numa época de muita tecnologia e pouca criatividade: uma época em que não se dança juntinho.

Aqui um vídeo do Nino Megadriver tocando em sua guitarra característica o tema da fase Green Hill Zone, do Sonic the Hedgehog (o primeiro, o melhor!).



Viva o Sílvio Santos e o Mega Drive Show do Milhão!!!

2 comentários:

  1. Amigo, um abraço do tamanho do mundo para você.
    Tenha um óptimo fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Velhos tempos em que não existiam PS I, II, III...

    ResponderExcluir