Páginas

terça-feira, 26 de agosto de 2008

O Silêncio

Silêncio...
O silêncio é
a mágoa mais profunda.
O silêncio é
o pensamento mais forte.
O silêncio é
a resposta mais convincente.
O silêncio é
a arma mais destruidora.
O silêncio é
a paixão mais sentida.

Ah! Como queria
fazer parte
deste silêncio
que não tenho!
Deste silêncio
que não ouço!
Deste silêncio
que silencio!

O silêncio
fugiu da cidade
e dos homens,
com medo das luzes,
do barulho
e das pessoas.
Foi-se embora
e me fez chorar
de tristeza e saudade.

Ah! Silêncio...
Como quero
te encontrar
e me cobrir
contigo
para sempre!
Fábio Pedro Racoski

3 comentários:

  1. Silêncio às vezes é calar, mas é sempre escutar, sabia?

    Amei o texto!
    Mas pq ficar em silêncio pra sempre???? fale, cante, grite!!

    uma ode a voz!

    bj

    ResponderExcluir
  2. Silêncio... Tão raro e tão querido. E as vezes, tão chato e sufocante.

    Muito bom! Vou seguir aqui! :)

    ResponderExcluir
  3. Silêncio que diz mais do que meras palavras, silêncio... Aquele que nos revela até aquilo que não se vê... E concordo que as vezes ele é chato e sufocante e que não à problema algum em cair em contradição e falar, gritar... Por que não? É sempre bom.

    Gostei muito...

    ResponderExcluir