Páginas

quarta-feira, 30 de julho de 2008

A mulher

Não existe nada no universo humano
mais complexo e mais simples
que a mulher.
Parece uma contradição,
mas isso é mais um paradoxo
que a coloca
mais próxima de Deus.

A mulher é completa.
A biologia prova isso.
O homem é metade mulher
em cromossomos.
Enquanto a mulher
é mulher por inteiro.
Talvez essa seja a origem
do machismo imbecil:
inveja!

A mulher é bela.
Não existe mulher feia
e, se alguém pensa o contrário
é porque viveu pouco.

Mas não falo da beleza
inventada em mármore ou plástico,
nas estátuas gregas ou no silicone;
a beleza feminina está bem longe de bisturis
e cosméticos:
ela reside num sorriso de mãe,
num olhar apaixonado,
num gesto tímido ou extrovertido
que só uma mulher consegue produzir,
seja ela branca, preta,
freira, velha, magra, gorda...

Sei que mais pieguices
serão escritas.
Sei que mais e mais
hipócritas e demagogos
juntarão enunciados sintáticos
muito bonitinhos.
Palavras somem,
a mulher permanece.
E isso basta.
Pois quem já experimentou
o amor de mulher,
mãe, filha, amiga ou amante,
sabe que somente isso basta.
E isso é tudo que um homem precisa
para ser mais homem:
viver o amor
de uma mulher
e deixá-la viver.

Fábio Pedro Racoski

Um comentário:

  1. Não consigo acreditar que um poema tão bonito ainda não tinha recebido nenhum comentário!

    Muito lindo,Fábio!

    ResponderExcluir